Pinterest
Pinterest
Facebook
Facebook
LinkedIn
Email

Por Taianne Rodrigues

Doar sangue é um grande ato que salva vidas todos os dias, mas muitas vezes os doadores não voltam uma segunda ou terceira vez para enfrentar as temíveis agulhas.

A verdade é que o medo ou mesmo a falta de costume afasta potenciais doadores de ajudar os hemocentros a repor o banco de sangue.

Foi pensando nisso, que a Suécia criou a iniciativa de enviar mensagens de texto via celular quando um doador ajuda um paciente. Essa é uma maneira de mostrar para onde foi o sangue e que boas ações estão realmente fazendo a diferença.

“Obrigado!”

“O sangue que você doou em 13 de janeiro de 2015 já foi benéfico para outro paciente. Sinceramente, a Central de Sangue”, diz o SMS.

 

Tradução do tuíte: “Se você doar sangue na Suécia, o conselho municipal enviará uma mensagem avisando quando seu sangue for usado”. Veja no Twitter.

Missão: Doe e doe mais uma vez!

A Organização Mundial da Saúde tem deixado claro que uma de suas principais missões é alcançar 100% de doações voluntárias para manter um suprimento seguro. Porém, esse objetivo é colocado constantemente à prova pela falta de doadores.

As pessoas que receberam as mensagens ficaram muito emocionadas e rapidamente espalharam a novidade nas redes sociais, o que trouxe visibilidade para a iniciativa. “O mais importante é que os doadores voltem para nós e doem novamente”, disse Karolina Blom Wilberg, gerente de comunicações do hemocentro de Estocolmo ao The Independent.

Essa iniciativa é mesmo muito legal e já ajudou muitas pessoas, embora a intenção seja também chamar a atenção para a questão de que a doação voluntária é mais do que necessária para salvar vidas.

E os incentivos para os doadores…

Organizações sem fins lucrativos tem encontrado alternativas para incentivar a doação de sangue: em dinheiro, como vale presente e ingressos de cinema, até mesmo um dia de férias pago longe do trabalho ou ainda bilhetes de loteria, no caso da Suíça.

As tentativas de seduzir as pessoas não param:  alguns lugares até dão exames de saúde gratuitos, com testes de colesterol que são a atração principal.

E no Brasil a preocupação não é diferente, só 1,9% da população doa constantemente, em sua maioria homens entre 26 e 45 anos, (dados da Colsan – Associação Beneficente de Coleta de Sangue).

Então como já dizia aquele ditado: “faça o bem sem ver a quem” ou deveria ser doe o bem sem ver a quem”?

O que importa mesmo é a intenção. Legal receber um SMS avisando que você salvou uma vida, não é mesmo? Mas independente disso, junte-se a essa iniciativa e doe você também no hemocentro mais perto de você!

NOSSAS REDES SOCIAIS
Instagram
Pinterest
Pinterest
Facebook
Facebook
LinkedIn
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba Novidades